Os voos dos ministros nas asas da FAB

  • por

Um dos maiores orgulhos da minha carreira como jornalista é a abertura dos dados do uso de jatinhos da FAB por ministros. Pela primeira vez, estou publicando esses dados de maneira permanente, nos infográficos abaixo.

A história é assim: há nove anos, o então presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, usou um jatinho da FAB para ir com a família inteira assistir a um jogo da Seleção Brasileira na Copa das Confederações. Escrevi um artigo curto na Folha propondo que, se os dados de uso de jatinhos da FAB fossem públicos, isso coibiria o abuso. O então deputado federal Chico Alencar gostou tanto do artigo que o enviou à então presidente Dilma Rousseff, que acatou a proposta e convocou o comandante da FAB para mandar abrir tudo.

Desde julho de 2013, essa base é pública no site da Força, mas está no maldito formato PDF. Isso levou a um longo processo quase artesanal nos últimos anos para tornar os dados mais compreensíveis.

Sempre que atualizo a base, preciso converter os PDFs. Ela também não revela o nome do ministro que solicitou o voo (apenas sua pasta), por isso mantenho sempre atualizada uma base de dados com as trocas na Esplanada. Os aeroportos de partida e destino são informados quase sempre apenas pelo nome da cidade, por isso precisei criar algumas integrações engenhosas para atribuir o código internacional da base e com isso obter distâncias voadas e coordenadas geográficas.

Veja abaixo os gráficos sobre os voos durante o governo Bolsonaro. Posso tornar públicos mais aspectos dessa base no futuro.