Quem pulou a janela partidária

  • por

Está aberta, no mês de março, a chamada janela partidária – período em que os deputados podem mudar de partido livremente visando a legenda para concorrer na eleição de 2022. O colunista Thomas Traumann chama isso de "a mãe de todas as pesquisas", pois o destino da massa dos parlamentares do "baixo clero" no quadro partidário mostra suas apostas no resultado da eleição presidencial.

Criamos os gráficos abaixo, que serão atualizados automaticamente, para observar o mercado dos passes dos membros do Congresso atualmente em exercício. Na Câmara, contabilizamos o partido pelo qual se elegeram, em 2018, o partido de que faziam parte ao iniciar o ano legislativo, em fevereiro, e o seu partido atual.

Abaixo, num gráfico de fluxo, é possível observar os movimentos entre os partidos.

Os gráficos usam dados do TSE (para o partido da eleição) e da Câmara dos Deputados.

Se você gostou, acompanhe também o gráfico com os resultados das pesquisas eleitorais de 2022.

Estes são os movimentos registrados nos últimos dias:

Aqui, o cenário final é o mesmo mas o inicial indica por qual partido se elegeram os deputados que agora negociaram seu passe.

Marcações: