Marcelo Soares

WhatsApp Image 2020-04-19 at 17.28.36

Sou jornalista e professor, com base em São Paulo (SP). Faço análises de dados para reportagens ou para compreender o público de um site. Também ensino jornalistas a entrevistar números em pós-graduações.

Desde os anos 90, me especializei em análise de dados. Fui um dos primeiros brasileiros a trabalhar com "Reportagem com o Auxílio do Computador", hoje chamado Jornalismo de Dados. Tenho alguns trabalhos nessa área, grandes, médios e pequenos.

A partir de 2012, na Folha de S.Paulo, comecei a trabalhar com dados de audiência para compreender melhor os leitores. Por quatro anos, fizemos um trabalho aprofundado para melhorar a eficiência do conteúdo. Lá, fui o primeiro editor de desenvolvimento de audiência da imprensa brasileira.

Em 2016, deixei o dia-a-dia do jornal e passei a prestar consultorias e cursos sobre análise de audiência e análise de dados. Nessa fase, ganhei prêmios quase anualmente e cheguei a ter até trabalho exposto na Bienal Brasileira de Design Gráfico.

NA IMPRENSA

Antes disso, minha carreira foi bastante movimentada. Fui um dos fundadores e o primeiro gerente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Na época em que eu trabalhava com eles, começamos as articulações para a criação da Lei de Acesso a Informações Públicas, vigente desde 2012. Em 2010, me tornei membro do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ).

Minha atuação como jornalista tem sido bastante variada. Ainda estudante, trabalhei no Correio do Povo, de Porto Alegre (RS) – estive na equipe que pôs no ar o primeiro site deles, em 1997. Já depois dos 30, fui colunista de política da MTV Brasil original - tanto na TV quanto no jornal gratuito MTV na Rua. Também colaborei com o jornal Los Angeles Times e o site Wired News, da revista Wired.

Até quadrinhos já traduzi. Foram 12 anos de aventuras do Demolidor, do Hulk e dos Vingadores, além de alguns clássicos. Conheça todos no Guia dos Quadrinhos.

NA SALA DE AULA

Um dos meus trabalhos mais gratificantes é lecionar, muitas vezes em pós-graduações em jornalismo, em várias partes do Brasil. Anteriormente, já dei aulas na ESPM (São Paulo/SP), PUCRS (Porto Alegre/RS), na Universidade Positivo (Curitiba/PR), na Unimep (Piracicaba/SP) e na Unochapecó (Chapecó/SC). Também dei oficinas na UFSC (SC), USP (SP) e UFOP (MG).

Em Redações, desde 2005, já lecionei na Folha de S.Paulo, Nova Escola, Veja, O Povo (CE), A Tarde (BA), A Gazeta (ES), SBT (SP), TV Globo (SP) e Master em Jornalismo Digital (SP). No exterior, já ministrei ou colaborei em palestras ou minioficinas na Cidade da Guatemala, Viedma (ARG), em Bruxelas (BEL) e em Lillehammer (NOR).